Como faço para desenvolver talentos da minha equipe? E os meus? Técnicas e dicas para desenvolver um talento que a princípio eu acredito que não tenho.

Esses dias participei de uma entrevista sobre a escolha da segunda formação, a jornalista queria saber algumas dicas de como a pessoa pode ter mais clareza para escolher a segunda formação, achei interessante o tema, mas para responder tive que fazer perguntas primeiro.

Pra que? Porque? Qual o real motivo que alguém precisa de uma segunda formação?

Será que realmente o que este profissional precisa neste momento é passar de 2 a 5 anos estudando para ter uma formação? Será que ao final deste tempo ainda será essa especialização que precisa?

Bom, talvez nem ele saiba.

O princípio da capacidade evolutiva é o desejo, sem desejo, não há movimento, sem movimento não há desenvolvimento.

Vamos entender talentos como habilidades que traz um diferencial para alguma função, projeto ou cargo específico, como por exemplo o talento de lidar com pessoas, o talento de gerir múltiplas tarefas e até mesmo habilidades de liderança. Talentos não são necessariamente habilidades técnicas específicas, mas competências que inclusive podem nos ajudar a realizar as técnicas.

Para desenvolver um talento na sua equipe ou em você mesmo o caminho será bastante parecido, a grande diferença é que com a sua equipe será necessário um alinhamento sobre desejos e expectativas. Mas, sempre, começaremos pelo objetivo, alinhamos o desejo, buscamos o conhecimento necessário, praticamos de maneira intensa essa habilidade e acrescentamos os feedbacks para que possamos ter um retorno percebido, próprio ou de terceiro, para alinharmos o percurso caso seja necessário.

Não tem fórmula mágica, ou melhor, não tem desenvolvimento sem esforço, a fórmula podemos nos arriscar – treinamento, prática e feedback.

Vamos conversar?

Solicite informações agora mesmo

Fale com um consultor

Receba nosso conteúdo